22 de mar de 2009

PRAIA DOS ALGODOES - é berçário natural das TARTARUGAS

A Bahia é caracterizada por ser a principal área remanescente de desova das tartarugas cabeçuda (Caretta caretta) e de pente (Eretmochelys imbricata), ocorrendo também em menor número desovas das tartarugas oliva (Lepidochelys olivacea) e verde (Chelonia mydas) - todas ameaçadas de extinção.

O litoral da Bahia possui grande importância biológica para as tartarugas marinhas, pois cerca de 70% das desovas registradas na costa brasileira ocorrem em praias baianas.

Todos os anos milhares de ninhos são incubados nas areias das praias desta região. Esse berçário natural é, portanto, a mais importante área de desova de tartarugas marinhas do Brasil. Recebe anualmente cerca de seis mil desovas que geram aproximadamente 400 mil filhotes.

A PENINSULA DE MARAU e' uma APA - Area de Protecao Ambiental.

O tráfego de veículos nas praias é proibido por legislação municipal e federal, para garantir a segurança pública. Também caracteriza crime ambiental, já que o litoral baiano é uma das principais áreas de desovas de tartarugas marinhas do litoral brasileiro, espécies que continuam ameaçadas de extinção.
O trânsito de qualquer tipo de veículo nessas praias coloca em risco a área de desova e os ninhos das tartarugas, seus filhotes e mesmo as fêmeas no processo de desova, pois modifica o local onde fazem os ninhos. Carros, motos e quadriciclos compactam a areia e podem ocorrer atropelamentos fêmeas desovando e de filhotes a caminho do mar, depois que saem dos ninhos.
Alem de colocar em risco as pessoas que se encontram na praia.



PARA SABER MAIS SOBRE -
- AS TARTARUGAS
- O PROJETO TAMAR
- O PROJETO TAVIVA

Fotografias retiradas de varias fontes.